• Prepare-se para

    entrar no mundo

    da criação literária

primeira vez no conexão autor
kit gratuito
no blog Conexão Autor
  • História que demora a começar: evite esse problema

    História que demora a começar

    Você já leu algum livro que, passadas algumas páginas, ainda não sabia nada sobre a história e seus personagens? Isso é mais comum do que se imagina: uma história que demora a começar. E isso é fatal para o leitor, que, sentindo-se desmotivado, sem nada que o prenda àquele texto, não tardará a largar o livro e trocá-lo por outro. E você não vai querer que o leitor faça isso justamente com o seu livro, certo? Então leia o post até o fim para entender por que isso acontece e […]

  • Personagens: por que e como torná-los envolventes

    personagens envolventes

    Histórias são sobre personagens. São eles que cativam o leitor, que o motivam a continuar a leitura. O leitor segue lendo porque quer saber o que acontece com eles ao final. Para isso, o protagonista precisa ser confrontado com algo adverso, alguma pessoa ou situação que o coloque em risco (seja material ou emocional).   Os livros têm múltiplas funções, entre elas, servir como inspiração para os leitores. Logo, se um personagem é capaz de vencer as adversidades e triunfar no final, em um missão perigosíssima, o leitor sente que […]

  • Dandi e a árvore palavreira

    dandi e a árvore palavreira

    O escritor e ensaísta francês Michel de Montaigne já disse que “a palavra pertence metade a quem a profere e metade a quem a ouve”. Mas e se palavras nascessem em árvores, a quem pertenceriam: a quem as plantou ou a quem as colheu? Se lhe parece inimaginável, é preciso conhecer uma cujos “frutos servem pra fazer crescer sua imaginação e alimentar sua vida”. Tal árvore está no livro Dandi e a árvore palavreira, de Ana Cristina Melo com ilustrações de Patrícia Melo e lançamento da Editora Bambolê.   Dandi […]

VEJA ONDE FUI DESTAQUE

Entrevista ao Programa

Cidade de Leitores

Entrevista a Nina Krivochein

Foto Henrique_2 Ronize faz uma leitura crítica precisa, com olhar clínico aos problemas do  texto, e indica as possíveis soluções, apontando quebras de ritmo, vocabulário incompatível e falta de coerência do texto. E o coaching literário é uma forma excepcional de aperfeiçoar o ofício de escritor. Considero que esses dois serviços foram fundamentais para o sucesso do meu livro Capitão Barbante, tanto na aprovação por uma editora comercial como no concurso em que foi  vencedor.

Henrique de Almeida Barbosa do Vale, autor de Capitão Barbante, livro vencedor do Prêmio Alfredo Fernandes de Literatura Infantil (Manaus, 2014) e lançado pela Compor Editora, e O caso do vizinho misterioso, lançado pela Editora Roda e Cia – ambos tendo passado pelo meu coaching literário e leitura crítica.

sergio correa de siqueira Se quase todos os escritores sofrem da Síndrome de Pinóquio, a Ronize é o nosso Grilo Falante: a voz da consciência que nos diz quando a gente exagerou. A correção gramatical da Ronize é precisa e os conselhos dela são mais do que pertinentes.

Sérgio Correa de Siqueira, autor de A velhinha que foi morar na igreja, a ser lançado pela Editora Cuca Fresca e que passou pela minha leitura crítica.

alexgomes O que mais gosto no blog da Ronize são as dicas numeradas, ótimas para os preguiçosos como eu. Gosto de textos precisos, que vão direto ao ponto. E estes do blog servem não só para os novatos, mas como lembrança aos mais experientes.

Alexandre de Castro Gomes, escritor

 

 

claudianina_2 Vejo o blog da Ronize Aline como uma sala de aula, uma forma profissional, alegre e inteligente de mostrar para quem trabalha (ou quer trabalhar) com livros, o caminho das pedras. Isso é raro. Geralmente quem sabe os passos guarda o segredo só para si – não compartilha. O blog mostra como o autor de hoje precisa ser: antenado com a divulgação do próprio trabalho.

Claudia Nina, escritora

Sandra Ronca

Ronize é destas pessoas generosas que compartilham saberes. Seu site é recheado de dicas preciosas. Seja para quem está se aventurando no mundo da escrita ou quem já está há algum tempo no mercado. Afinal, aprender, relembrar, se aprumar, é o que devemos fazer sempre. Gratidão e sucesso!

Sandra Ronca, escritora e ilustradora

EDITORAS COM AS QUAIS TENHO TRABALHADO

error: