10 passos para melhorar suas cenas
Criação Literária

10 passos simples que irão melhorar sua cena

A cena é um dos elementos mais importantes da sua narrativa, é ela que faz a história evoluir e que prende (ou não) a atenção do leitor. Uma cena pode ganhar o amor eterno do leitor pelo seu livro ou pode fazer com que largue-o e não mais volte a ele. Apesar disso, há quem ainda dê pouco importância à sua construção. Se você nunca parou para pensar sobre a importância de estrutura uma cena adequadamente, continue lendo esse post e veja como passos simples podem melhorar o andamento da sua história.

 

Escrever uma cena nao deve ser complicado

 

Assim como já falamos aqui da importância de se estruturar a narrativa antes de começar a escrevê-la, planejas as cenas que compõem cada capítulo também traz inúmeras vantagens: evita o bloqueio de escritor, já que você sabe exatamente sobre o que vai escrever; organiza a ordem em que as cenas aparecerão no capítulo, e garante que não será esquecido nenhum detalhe, entre outras. Veja, abaixo, os 10 passos básicos para escrever uma cena que funcione na sua narrativa.

 

1. O que precisa acontecer nessa cena?
Detalhe o que precisa acontecer na cena para que a história evolua e o personagem avance na sua jornada.

2. Quem precisa estar na cena?
Defina os personagens essenciais para que esse episódio aconteça.

3. Onde essa cena acontece?
O cenário é um elemento importante aqui, ele pode ajudar – ou atrapalhar – o desenrolar da ação. Certifique-se de ter escolhido bem esse local.

4. O que de mais supreendente poderia acontecer?
Qual o clímax da cena? Reserve algo forte para ser o ponto alto que irá engajar o leitor na sua narrativa.

5. É uma cena longa ou curta?
Estendê-la para além da conta compromete o efeito desejado junto ao leitor, mas se for curta demais pode também não alcançar o seu objetivo.

6. Elabore três formas diferentes de começar a cena.
Não há uma única forma de inciá-la. Teste formas diferentes e veja qual se encaixa mais no efeito desejado.

7. Construa a cena mentalmente.
Antes de colocar no papel – ou no computador – visualize-a em sua mente. Imagine-a como em um filme e perceba se funciona ou não em termos de narrativa.

8. Faça um esboço.
Escreva os pontos principais da cena em um esboço, ordenando-os de forma crescente, para que o engajamento do leitor aumente progressivamente.

9. Escreva a cena inteira.
A partir do esboço criado, escreva a cena inteira, dessa vez com detalhes e informações adicionais.

10. Leia como o leitor fará.
Leia o que você escreveu como se fosse o leitor. O que você achou? Seja sincero. A cena lhe convenceu? Sentiu-se motivado a continuar a leitura? Se não, repense-a e escreva de uma forma diferente, até ficar satisfeito com o resultado.

Como você costuma escrever suas cenas? Compartilhe com a gente.

Você já conhece o projeto do Conexão Autor que distribui recompensas para quem apoia o nosso trabalho? Veja aqui.

ganhe recompensas no padrim

Ronize Aline

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Leia também...