Hugo & Rose: resenha e sorteiro
Resenhas Sorteio

Hugo e Rose: resenha + sorteio

Que tal começar a semana com a chance de ganhar um livro daqueles bem interessantes? Chegou aqui no Conexão Autor um dos novos lançamentos da Editora Agir: o romance Hugo e Rose, de Bridget Foley. É a história de uma dona de casa de meia-idade que tem um marido apaixonado e três filhos lindos. No entanto, ela não está feliz. Sente que tem uma vida medíocre, a não ser pelos seus sonhos, que a visitam desde que tinha seis anos de idade: sempre a mesma ilha fantástica e o mesmo amigo imaginário.

Mas o melhor é que a Editor Agir disponibilizou dois volumes do Hugo e Rose para sortear entre os leitores do blog. Isso mesmo: você pode receber essa história incrível na sua casa. Leia abaixo a resenha do livro para saber um pouco mais sobre a narrativa e, em seguida, veja como participar do sorteio e concorrer a um exemplar de Hugo & Rose.

livro Hugo & Rose

Hugo e Rose: a resenha

Em “A interpretação dos sonhos”, uma de suas obras mais famosas, Freud identifica os sonhos como fenômenos psíquicos nos quais realizamos nossos sonhos inconscientes. Nesse estudo, abordou os processos inconscientes, pré-conscientes e conscientes que incluem sonhar, recordar e relatar o sonho. Mas será que ao longo de suas pesquisas o teórico chegou a deparar-se com algum paciente que durante toda a vida tivesse tido um único sonho, uma situação recorrente que evolui à medida que o próprio sonhador cresce? Um sonho tão realista que é capaz de invadir a própria realidade? Se não chegou a ser tema de pesquisa científica, esse mote virou trama do romance Hugo e Rose pelas mãos de Bridget Foley.

Rose, desde os seis anos, sonha com Hugo, um amigo imaginário que cresce junto com ela em uma ilha fantástica onde não há mais ninguém além deles. Mas não são sonhos comuns. São sonhos que parecem a própria vida real, ou melhor, a vida real que ela gostaria de ter. Uma vida onde ela e Hugo são belos, destemidos e aventureiros, verdadeiros heróis. Muito diferente do que Rose vive no dia a dia: uma vida que pode até causar inveja em outras mulheres, mas para ela chega a ser insuportável, algumas vezes. Josh, seu marido, é um cirurgião bem sucedido e com ele tem três filhos adoráveis. Quer dizer, nem sempre. Há momentos em que Rose gostaria de simplesmente poder jogar tudo para o alto e mudar-se de vez para os seus sonhos. É por isso que seus melhores momentos são justamente quando está dormindo.

LEIA  3 maneiras de conquistar o leitor

resenha Hugo & Rose

Bidget Foley vai construindo uma trama bem amarrada, na qual as descrições assumem um papel fundamental e enriquecem a leitura. Ao contrário de parágrafos que poderiam ser facilmente descartados, no texto de Hugo e Rose as descrições cumprem papel essencial na construção da trama. E isso graças à técnica bem empregada pela autora, que nos oferece cenas criadas com esmero e olhar aguçado: “No trânsito, Rose se pegava observando os rostos apáticos dos outros motoristas parados no sinal: trios de jardineiros na caçamba de caminhões, louras exageradas com óculos escuros maiores que o próprio rosto, adolescentes emburrados digitando torpedos, homens mais velhos em carros caríssimos, mocinhas bonitas sem a armadura de seus sorrisos e garatões em seus 4×4 com latas de energéticos nas mãos”.

Os sonhos de Rose extrapolam o seu dormir na medida em que ela os compartilha com o próprio marido e os filhos. Aliás, Hugo se transforma no herói dos meninos, aquele que representa tudo o que gostariam de ser. Nada que desperte o ciúme do dedicado marido. Afinal, são apenas sonhos. Mas e se, de repente, esses sonhos invadissemm a vida real? Se começasse a ficar difícil discernir o que representa a vida como deveria ser? “Mas o homem da lanchonete borbulhava, subindo à tona mesmo durante essas atividades banais. Estava por toda parte. Era uma batata frita amassada no assento da cadeirinha de Penny no carro. Era a mancha de grama no short de futebol de Adam. Era a diretora da Associação de Pais e Mestres descascando uma laranja para as crianças menores e perguntando se ela pretendia comparecer à Noite das Margaritas”.

Hugo & Rose

Foley, além do talento descritivo, permeia seu texto com um senso de humor sutil que, aos menos avisados, pode até mesmo passar despercebido. Nada escrachado, nada que provoque risos soltos. Apenas algo que provoque um leve mover do canto dos lábios sugerindo uma observação perspicaz sobre o mundo ao seu redor. “Quer dizer, a menos que reconhecesse em si o caráter especial que virou moda reconhecer em qualquer pessoa. O atual costume de entregar troféus a todos os participantes de uma competição, independemente do resultado obtido. Nesse sentido, Rose achava que podia ser especial, já que todos são especiais e, portanto, ninguém é” .

Com uma narrativa leve e envolvente, Hugo e Rose é uma história de amor. Mas uma história de amor que pode confundir à primeira vista, afinal não existem regras. Muitas vezes o amor maior encontra-se nos pequenos detalhes e não nas grandes cenas românticas. E a autora utiliza essa trama de romance levemente fantástico para tratar de temas mais duros. Os sonhos são apenas uma porta por onde a insatisfação pode entrar. Podia ser qualquer outra coisa, mas nada como uma ilha paradisíaca, um homem dos sonhos e uma vida irresistível para trazer à tona os desajustes e decepções da rotina familiar.

LEIA  Pablo e o ciclo da água: uma ode à brevidade da vida

E um dos pontos mais interessantes da história é justamente a forma como a autora contrapõe as duas narrativas: a dos sonhos e a da vida real. Mesmo Rose tendo a perceção de que nada acontece na sua vida e que as emoções de verdade encontram-se nos sonhos, o que vemos na narrativa é justamente o contrário. Fatos inustiados e consequências inesperadas inundam o dia a dia da personagem, enquanto no sonho o roteiro é quase sempre o mesmo, sem grandes surpresas. Um paradoxo para quem acredita que os sonhos sempre serão muito mais interessantes do que a vida real.

Hugo & Rose
Bridget Foley
Editora Agir, 2015
368 páginas

sorteio Hugo & Rose

Hugo e Rose: o sorteio

A Editora Agir disponibilizou dois exemplares do livro Hugo e Rose para sortear entre os leitores do Conexão Autor. Não perca a oportunidade de ganhar um livro envolvente que vai fazer você ficar grudado da primeira à última página.

Para participar:

  1. Preencher o formulário Rafflecopter abaixo com as entradas obrigatórias. Você pode destravar as outras entradas para aumentar as suas chances.
  2. Ter endereço de entrega no Brasil.

Atenção:

  1. As participações estarão abertas de 09 de novembro a 02 de dezembro de 2015.
  2. Serão sorteados dois exemplares do livro Hugo e Rose para ganhadores diferentes. Caso o ganhador do primeiro livro seja sorteado novamente, será realizado um novo sorteio para o segundo livro.
  3. O resultado será divulgado no dia 03 de dezembro.
  4. O ganhador terá 72 horas para responder o email enviado. Não havendo resposta neste prazo, um novo sorteio será realizado.

 

a Rafflecopter giveaway

BOA SORTE!

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Ronize Aline

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Leia também...

4 Comments

  1. Participando! 🙂

    1. Oi, Bianca.

      Que bom! Boa sorte pra você!
      Beijocas,
      Ronize Aline

  2. Estou participando!

    1. Oi, Milla.

      Que legal. Boa sorte pra você!
      Beijocas,
      Ronize Aline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *