A misteriosa mansão do misterioso senhor Lam
Resenhas

A misteriosa mansão do misterioso senhor Lam

Mistérios são irresistivelmente irresistíveis por natureza. Quem nunca quis saber o que havia do outro lado do muro alto do vizinho? Ou então o que tanto a irmã mais velha escrevia naquele diário trancado com cadeado? O que dizer, então, de um livro cujo título é A misteriosa mansão do misterioso senhor Lam? Pois esse é o título irresistivelmente irresistível do mais novo livro infantil de Claudia Nina.

A misteriosa mansão do misterioso senhor Lam

E se havia ainda alguma dúvida de que haveria mistério nessa história, ela se dissipa tão logo começa a narrativa: “No topo da colina, a mansão misteriosa era a primeira imagem que se via ao entrar na pequena cidade. A única moradia gigante”. Eis aqui um irresistível – olha a palavra aí outra vez – convite para juntos tentarmos desvendar o que esconde a misteriosa mansão do misterioso senhor Lam.

E é isso que Claudia Nina faz ao longo de todo o livro: nos instiga a querer dar um passo além em direção ao misterioso mistério. Mesmo que esse passo signifique adentrar um território onde lhamas passeiam por um jardim em que neva constantemente – o que o difere de todo o resto do vilarejo – e uma certa melodia emana do casarão, de onde só se vê silhuetas e vultos próximos à janela. Estranho, não? Mas isso é apenas o início da história.

 

A misteriosa mansão do misterioso senhor Lam

Com uma narrativa visualmente envolvente, característica dos textos infantis da autora, ela vai explorando de forma lúdica sentimentos como desconfiança, expectativa, medo, preconceito… Afinal, por que os adultos não se deixam envolver por aquele ambiente, tal qual as crianças? Que bloqueios, receios, trazem em si que os afasta do que lhes é estranho? No entanto, estranho é tudo o que está fora de nós, que nos confronta, nos tira da nossa zona de conforto, nos faz pensar.

LEIA  [Resenha] A Princesa e os Sapos, um conto de fadas do século XXI

Intensificando a experiência de imersão na história está o traço de Cecília Murgel, que se afina perfeitamente à escrita de Claudia Nina. Essa é uma parceria que se repete – Cecília ilustrou também o segundo livro infantil da escritora, Nina e a lamparina. O envolvimento do leitor começa antes mesmo de iniciar a leitura: o divertido formato do livro, juntamente com a ilustração da capa, reproduz a fachada do casarão misterioso “feito de pedras cinza, que de longe tinham o aspecto de pães velhos”.

 

A misteriosa mansão do misterioso senhor Lam

 

E assim se segue, as ilustrações de Cecília enlaçando-se irresistivelmente – não resisti à repetição!!! – aos tons e subtons do texto. E, a propósito, já falei que A misteriosa mansão do misterioso senhor Lam é um livro irresistível?!

A misteriosa mansão do misterioso senhor Lam
Claudia Nina
Ilustrações de Cecília Murgel
Vieira e Lent, 2015
48 páginas

 

link patrocinado


Não se esqueçam do sorteio que está rolando aqui no blog. A editora Agir ofereceu dois exemplares do romance Hugo & Rose para serem sorteados entre os leitores do Conexão Autor. Veja aqui nesse post como participar, aproveite e leia a resenha do livro!

 

sorteio Hugo e Rose

 

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Ronize Aline

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Leia também...

4 Comments

  1. Que livro lindo! <3

    1. É mesmo lindo, Bianca. E muito sensível…

      Beijocas,
      Ronize Aline

  2. Que livro lindo *_*
    Já quero ler <3

    1. É uma fofura, Clay!
      Beijocas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *