núcleo de línguas da Estação
Agenda

Núcleo de Línguas e Literaturas Estrangeiras abre em outubro

Com o objetivo de ocupar um espaço deixado vago por um lado pelas universidades e por outro pelos cursos de idioma, a Estação das Letras, no Rio de Janeiro, lança em outubro o projeto fundamental do Núcleo de Línguas e Literaturas Estrangeiras. Segundo Tibério Velasquez, coordenador do Núcleo, a “proposta é formar pessoas que saibam a real posição do idioma dentro da literatura e da cultura do país onde a língua é falada”.

O Núcleo pretende preencher lacunas deixadas pelos cursos regulares de idioma. “Na universidade o aluno adquire um conhecimento parcial centrado principalmente em matérias do currículo, onde as abordagens teóricas predominam. Isto se dá com o objetivo de atender às necessidades das graduações em letras como um todo. E raramente com aprofundamento nos tópicos relativos ao idioma de escolha, como história da literatura e as circunstâncias culturais do autor e da obra foi escrita. Sem falar no grau de superficialidade com que são tratados os próprios idiomas, muitas vezes abordados apenas em seus aspectos gramaticais e com um vocabulário limitado”, menciona Tibério. E acrescenta: “Nos cursos regulares de idiomas, o aprendizado fica restrito ao âmbito do conteúdo do método utilizado. Em função disto, o aluno cumpre as etapas determinadas pela direção do curso sem nenhuma informação sobre a literatura, a história da língua e a cultura do país, o que gera um descompasso informacional”.

Núcleo de Línguas e Literaturas Estrangeiras A metodologia do Núcleo é promover uma inserção que envolva o aluno no universo do idioma de sua escolha. Os aspectos histórico-culturais são veiculados através de formatos multi-meios como DVDs, Smart-TV, áudio, livros impressos e abordam folclore, música, cinema, história, costumes e literatura. À medida que o aluno vai adquirindo mais informações e um vocabulário maior, as informações se aprofundam e pode-se fazer escolhas mais amplas em termos da abordagem dos textos das literaturas relativas a cada país.

LEIA  Anete, nariz de chiclete: lançamento

Além disso, como complementação, o Núcleo oferecerá aos alunos todos os cursos que a Estação da Letras dispões em sua grade regular no campo das línguas e literaturas estrangeiras, como apoio a teses, tradução, história da literatura e análise de autores e de obras específicas de um determinado país, num momento histórico definido.

Estarão disponíveis no Núcleo cursos regulares, intensivos, turmas reduzidas e atendimento personalizado nos seguintes idiomas: alemão, árabe, espanhol, francês, inglês, italiano, mandarim, russo e português para estrangeiros.

Quem quiser mais informações pode ligar para (21) 3237-3947. A Estação das Letras na Rua Marquês de Abrantes, Lojas 107/108, no Flamengo (Rio de Janeiro).

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Ronize Aline

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Leia também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *