fbpx

Manual literário para entender os homens - convite

Existe literatura feminina? Há muito tempo caíram por terra os estereótipos que dedicavam às mulheres uma escrita mais suave, sensível, e ao homens um texto mais áspero, agressivo até. Nem sempre é possível identificar o gênero do autor simplesmente pela forma como escreve. Tanto homens quanto mulheres são capazes de escrever textos sensíveis, suaves, fortes, ásperos e agressivos. Passou-se a usar, então, um outro título: literatura feita por mulheres. Pois aí cabem infinitas possibilidades de escrita. E é disso que é feito o Manual literário para amar os homens (ou não), livro que será lançado no próximo dia 23 de setembro, no Rio de Janeiro, e do qual tenho o prazer de participar.

São 20 escritoras, 20 contos e 20 estilos diferentes. Um único tema: homens!  “Que histórias! Improváveis – pra dizer o mínimo. Engraçadas, tristes, raivosas, previsíveis ou surpreendentes. Ágeis, lentas, cruas ou mais elaboradas. Fruto da imaginação inquieta de vinte autoras escolhidas a dedo, e de personalidades totalmente diversas, que te conduzirão por qualquer caminho possível – e impossível também”, diz André Tartarini, organizador da coletânea Manual literário para amar os homens (ou não).

manual literário - ronize aline
“Figurinha repetida não completa álbum”, conto de Ronize Aline

Conheça os contos do Manual literário para amar os homens (ou não)

 O desafio que nos foi proposto pelo organizador era o de escrever um conto em que o tema principal fosse “homem”. A partir daí estávamos livres para criar nossa história. Cada autora acabou criando uma narrativa completamente diferente mas que, ao mesmo tempo, ajuda a compor um rico mosaico não apenas do tema em questão, mas também a escrita que vem sendo produzida pelas penas femininas. Para dar um gostinho do que há no livro, veja os títulos dos contos que fazem parte desse manual literário peculiar.
1 – Você no Mundo sem Homens (uma carta) – AutumnSonnichsen
2 – Hoje você terá doses iguais de alegria e dor – Juliana Krapp
3 – Coleção de pequenas ninharias para ornar camafeus – Mara Coradello
4 – Hora do rush – Monica Montone
5 – Correspondência – Renata Schettino
6 – Recortes do não dito – Renata Mizrahi
7 – Uísque e vergonha – Juliana Frank
8 – Los Angeles, Méier – Leticia Novaes
9 – Michele – Camila Vaz
10 – 24 imagens por segundo – Mirna Portella
11 – O baterista de New Orleans – Erica Gonsales
12 – Toda mulher é lua – Luísa Borges Pontes
13 – Maraca – Simone Magno
14 – Figurinha repetida não completa álbum – Ronize Aline
15 – Sobre o amor – Paula Gicovate
16 – Filho da mãe – Cris Amorim
17 – Por favor, não rasgue esta carta – ou rasge, mas não diga que não avisei – Tatiana Contreiras
18 – Odeio gringo – Ana Beatriz Casilo
19 – Eles, a balança e eu – Thaisa Damous
20 – Pensarei em um leão – Keli Freitas

Lançamento

Em breve o Manual literário para amar os homens (ou não) estará disponível, mas quem estiver no Rio de Janeiro no próximo dia 23 de setembro tem a oportunidade de encontrar e conversar com as autoras que estarão presentes no lançamento do livro. Veja  abaixo quem são as 20 autoras e confira as informações:

LEIA  Flip: destaques deste fim de semana

manual literário - autoras

Manual literário para amar os homens (ou não)
Organizador: André Tartarini
Editora: Oito e Meio/Átame
Lançamento: 23/09/2014
Horário: 19 horas
Local: Travessa dos Tamoios, 32, Flamento, Rio de Janeiro

Manual literário para amar os homens (ou não)

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Classificado como:            

Uma ideia sobre “Manual literário para amar os homens (ou não)

  • 05/10/2014 em 11:26
    Permalink

    Já repararam que os livros escritos por homens não chega aos pés dos livros escritos por mulheres? J. K. Rowling, Stephenie Meyer, etc

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendado
Há exatamente 100 anos nascia Julio Cortázar. Com sua escrita…
error: