Técnica Pomodoro
Criação Literária

Técnica Pomodoro: como escrever mais e evitar distrações

Técnica Pomodoro

Baixa produtividade literária? Costuma abandonar a escrita de seus livros pela metade? Distrai-se facilmente durante o processo criativo? Bem-vindo ao clube dos procrastinadores! Hoje em dia, com tantos estímulos tecnológicos, é comum o escritor distrair enquanto escreve em seu computador, seja checando seu email, assistindo a um vídeo no youtube, compartilhando algo interessante que viu no Twitter ou respondendo a uma postagem do Facebook. Vou lhe mostrar, então, a Técnica Pomodoro, que conheci recentemente e que ajuda a otimizar a produção literária.

A Técnica Pomodoro foi criada pelo italiano Francesco Cirillo no final dos anos 1980 como um método de gerenciamento de tempo. O objetivo é estabelecer um foco na tarefa a ser executada, evitando distrações e aumentando a produtividade. Junto a isso, a ideia de que pausas frequentes no processo criativo podem aumentar a agilidade mental. O nome da técnica vem da palavra tomate em italiano (pomodoro) e surgiu quando Cirillo utilizou pela primeira vez um daqueles cronômetros de cozinha em formato de tomate.

Aprenda a utilizar a Técnica Pomodoro

Para fazer uso da Técnica Pomodoro você deve providenciar um timer, seja físico (como o que deu nome à técnica) ou mesmo um aplicativo para o smartfone ou tablet. Com ele em mãos, abra o arquivo de texto no qual está trabalhando e siga os passos a seguir:

  • Você irá trabalhar em ciclos de 25 minutos cada, os chamados “pomodoros”
  • Acerte o timer para o primeiro ciclo e foque no texto. Durante esse tempo não é permitido fazer nada que não seja escrever a sua história, por isso nada de ficar checando email ou dando uma espiadinha no Facebook
  • Se lembrar de algo importante, anote em um papel para fazer após o término do ciclo. Até mesmo ir à geladeira e pegar um copo de água pode ser uma distração do seu objetivo. E distração leva à procrastinação
  • Ao final do primeiro pomodoro você terá cinco minutos de descanso para realizar alguma atividade que ajude a espairecer a mente, como uma ligação, uma checada nos emails ou um alongamento
  • Teminado o intervalo de cinco minutos, acerte o timer e inicie um novo ciclo de 25 minutos. Lembre-se que pomodoros são unidades indivisíveis, não há meio pomodoro, são sempre 25 minutos que devem ser cumpridos ininterruptamente
  • Ao final de quatro pomodoros você terá um descanso maior, dessa vez de meia hora, para que a mente recomponha as energias. É aconselhável ter algum papel por perto para ir anotando os pomodoros finalizados
  • Além de controlar os pomodoros e os intervalos, as anotações servem para que você consiga perceber quantos pomodoros são necessários para realizar determinadas tarefas e o quanto você produziu naquele espaço de tempo, melhorando seu processo criativo

Aconselha-se que, ao utilizar a Técnica Pomodoro, nos intervalos sejam realizadas, de preferência, atividades físicas. Dessa forma você estará dando de fato uma folga para a sua mente, para que ela possa voltar à carga total no próximo ciclo.

Você já conhecia a Técnica Pomodoro? Conhece algum outro método para aumento de produtividade que queira compartilhar com a gente?

 

Ronize Aline

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Leia também...