5 plots para sua história
Criação Literária

5 plots para a sua história

5 plots para sua história

Já falamos aqui no blog sobre a importância dos plots para a sua história. Para quem não se lembra, plot é uma série de eventos interligados que dizem respeito a um personagem que quer obter algo, sendo que ele encontrará vários obstáculos e dificuldades até chegar ao final esperado. No mesmo artigo, mostramos como montar um plot e apresentamos um diagrama para você visualizar melhor. Mas não seria bom já ter algumas sugestões a partir das quais você poderia criar sua própria narrativa? Pensando nisso, este artigo traz 5 opções de plots que você pode usar no seu próximo livro.

Confira 5 plots que podem servir para o seu livro

O site Writersdigest costuma trazer várias dicas de escrita, inclusive no que diz respeito a plots. Com base no site, aqui estão 5 plots prontinhos para serem adaptados e usados para criar sua próxima história.

Plot 1 – Aventura

O foco da história deve ser a jornada, mais do que a pessoa que empreende a jornada. Deve compreender a incursão em um novo mundo, diferente do qual ele está acostumado. O personagem deve ir atrás de algo que ele não conseguiria em seu próprio mundo e, para iniciar a jornada, deve ser motivado por algo ou alguém. E não se esqueça: aventuras incluem romance.

Plot 2 – Resgate

Este plot inclui um triângulo de personagens: o herói, o vilão e a vítima. O foco está na busca do vilão pelo herói, sendo que a vítima geralmente é o personagem mais fraco, o que tem a função de forçar o herói a confrontar o vilão. Aliás, o herói é definido pela sua relação com o vilão. Ao longo da narrativa o vilão deve ser utilizado como forma de privar o herói do que ele acredita ser seu por direito.

LEIA  9 títulos originais que foram descartados

Plot 3 – Fuga

O herói está confinado contra a sua vontade e quer escapar, é isso que move este plot. Aqui, o herói é a própria vítima, ao contrário do Resgate, onde o herói vai salvar a vítima. O primeiro ato da estrutura lida com o aprisionamento do herói e sua tentativa inicial de escapar, que falha. O segundo ato trata dos planos do herói para escapar, que são quase sempre frustrados. E, no terceiro ato, há a fuga propriamente dita. O vilão está no controle dos dois primeiros atos, enquanto o herói ganha o controle no ato final.

Plot 4 – Vingança

O protagonista busca retaliação do vilão por um dano real ou imaginário. Este tipo de plot pode focar mais nos planos de vingança do que na análise dos reais motivos do herói. O protagonista, inicialmente, busca lidar com o problema pelos meios tradicionais – como procurar a ajuda da polícia -, o que normalmente falha. O primeiro ato mostra o herói em sua vida normal, que é alterada por um crime cometido pelo vilão. No segundo ato, o herói monta seu plano de vingança e persegue o vilão. O terceiro ato inclui o confronto entre os dois; geralmente o plano do herói não dá certo e ele tem de improvisar, chegando ao final esperado.

Plot 5 – Tentação

Tentação é um plot de personagem. Ele permite analisar as necessidades, desejos e tentações do ser humano. O conflito da trama é interior e acontece dentro do personagem, embora ele manifeste isso em suas ações. O primeiro ato estabelece a natureza do protagonista e apresenta o antagonista, se houver um. Em seguida, estabelece a natureza da tentação, seus efeitos sobre o protagonista e como ele luta para tomar uma decisão. Ele, então, cai em tentação, e deve haver uma gratificação a curto prazo. O segundo ato mostra os efeitos de sua decisão: os benefícios de curto prazo desaparecem e o lado negativo emerge. O protagonista busca um meio de escapar da responsabilidade e da punição por seus atos. No terceiro ato, ele resolve seus conflitos internos, há reparação, reconciliação e perdão.

LEIA  101 maneiras de se tornar um escritor melhor em 2014

Você já usou algum desses plots em suas histórias? Conte para nós.

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Ronize Aline

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Leia também...

6 Comments

  1. joão de oliveira says:

    Gostei.

    Gostaria que me indicasse exemplos de obras que encaixam nesta sua tipologia ‘plotiana’.

  2. Felipe says:

    Eu tava usando o plot de fuga para o meu primeiro livro (ainda sou aspirante a escritor), porém pensei em uma reviravolta para a história que a tornaria incoerente com o início do livro, dai recomecei
    Minha maior dificuldade está sendo amarrar todo o enredo

  3. Tháglia says:

    Acabo de descobrir que o Plot da minha história é de resgate e de sua continuação será um misto de resgate com vingança.

    1. Olá, Tháglia.

      Que bom que serviu para você descobrir o seu plot.

      Abraços,
      Ronize Aline

  4. Olá, amei suas lindos livros

    1. Olá, Rhayssa.

      Obrigada <3

      Abraços,
      Ronize Aline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *