autores infantojuvenis
Mercado Editorial

Autores infantojuvenis contam causos e histórias

Autores infantojuvenis contam causos e histórias.

O contato que o leitor costuma ter com os autores costuma ser, na maior parte das vezes, por meio de seus livros. Talvez por isso sejam tão disputados os espaços nas festas e feiras literárias onde é possível encontrar e conversar com escritores e ilustradores. Ver de perto a pessoa que cria mundos imaginários que nos encantam, poder ouvi-la falar sobre como surgiu determinada obra, o processo criativo e suas inspirações só aumenta ainda mais o laço entre leitor e livro. Foi notícia aqui no blog o talk-show literário que aconteceria em dezembro e reuniria autores infantojuvenis (entre escritores e ilustradora) da Escrita Fina Edições para conversarem com Marcelo Novaes, do blog Life&Style. Vamos ver, então, como foi o evento?

alex e cris, autores infantojuvenis
Marcelo Novaes com os autores Alexandre de Castro Gomes e Cris Alhadeff
Foto: ART Photo&Film/Fonte: Life&Style

Talk-show literário reuniu autores infantojuvenis

hellenice ferreira, autores infantojuvenis
Foto: ART Photo&Film/Fonte: Life&Style

Durante o encontro, que aconteceu na Livraria Cultura, no Fashion Mall (Rio de Janeiro) cinco autores infantojuvenis falaram sobre vários temas relacionados à produção literária para crianças e jovens. Eram quatro escritores – Alexandre de Castro Neves, Hellenice Ferreira, Lou Fernandes e Maria Inez do Espírito Santo – e uma ilustradora – Cris Alhadeff.

 

 

 

lou fernandes, autores infantojuvenis
Foto: ART Photo&Film/Fonte: Life&Style

Além de falarem sobre suas obras e sobre como foi a produção de cada uma, os autores também leram suas histórias para os presentes. Os livros foram: Aniversário no Cemitério, de Alexandre de Castro Gomes com ilustrações de Cris Alhadeff, Um menino chamado Negrinho, de Hellenice Ferreira com ilustrações de Luís Silva, O livro das gentilezas, de Lou Fernandes com ilustrações de Marcelo Pires e Ceiuci a velha gulosa, de Maria Inez do Espírito Santo com ilustrações de Taísa Borges.

 

 

maria inez, autores infantojuvenis
Foto: ART Photo&Film/Fonte Life&Style

Alguns dos temas abordados durante o bate-papo foram: a sedução dos monstros na literatura infantojuvenil, o papel da ilustração nas obras de literatura infantil, a perpetuação dos mitos da literatura brasileira, o processo criativo da ilustração, a literatura que valoriza a gentileza dos pequenos atos e o resgate e a valorização dos mitos indígenas.

LEIA  All Hallows Read: livros de terror para crianças

 

 

Assista à gravação do talk-show literário com os autores infantojuvenis da Escrita Fina abaixo:

Você gosta de participar de encontros com autores? O que gosta mais de saber deles?

 

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Ronize Aline

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Leia também...

1 Comment

  1. É sempre bom ouvir as experiências de outros escritores.
    Gosto muito da leitura dos livros pelos escritores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *