101 maneiras de se tornar um escritor melhor
Criação Literária

101 maneiras de se tornar um escritor melhor em 2014

101 maneiras de se tornar um escritor melhor em 2014.

Um chefe de cozinha vai aprimorando seu talento com panelas e sabores ao longo dos anos, seja fazendo cursos de aperfeiçoamento, seja com os erros e acertos da prática profissional. Um piloto de Fórmula 1, à medida que aumenta suas horas de pilotagem, cresce na carreira alcançando vitórias e, algumas vezes, colecionando títulos. Por que ainda é difícil entender que o escritor, como em qualquer outra profissão, pode melhorar o seu trabalho com o passar dos anos? Talvez porque muitos ainda resistem a abandonar aquela ideia romântica de que o escritor é um ser “tocado” pela inspiração das musas, e não alguém cujo trabalho é resultado de horas de transpiração sobre o texto. A literatura está cheia de exemplos de escritores que se tornaram melhores em seu ofício com a experiência. Mas o que será que se pode fazer para tornar-se um escritor melhor? Neste artigo apresentamos 101 maneiras que podem lhe ajudar a aprimorar-se profissionalmente.

Veja o que fazer em 2014 para se tornar um escritor melhor

Nesta época é comum fazer um balanço do ano que ora termina e preparar as resoluções para o que se inicia. Sejam pessoais ou profissionais, os objetivos nem sempre são cumpridos integralmente, mas servem de diretriz para as ações que pretendemos empreender. Vendo algumas listas em blogs estrangeiros de dicas para tornar-se um escritor melhor, inspirei-me em algumas delas e acrescentei outras dicas à listagem. São 101 dicas listadas abaixo para que você também possa se inspirar e escolher as que quer adotar.

101 maneiras de se tornar um escritor melhor
Arte sobre foto da obra de Jennifer Collier
    1. Crie um blog: esse é um excelente exercício diário para treinar a escrita

    2. Aceite as críticas e aprenda a crescer com elas

    3. Leia o que você escreveu diversas vezes até não achar mais nenhum problema com o texto

    4. Mostre o que você escreveu para alguém em quem você confia e peça uma opinião

    5. Faça esboços do que você quer escrever. É mais produtivo trabalhar a partir de uma estrutura definida

    6. Invista em seus personagens, eles são a razão de sua história

    7. Edite, e edite novamente. Uma história nunca está pronta em sua primeira versão

    8. Seja curioso, deseje aprender coisas diferentes. Instigados a colocar em prática habilidades que não costumamos utilizar nos faz exercitar outras formas de pensar

    9. Dê um tempo entre escrever e editar. Você conseguirá um distanciamento maior do texto

    10. Aprenda uma palavra nova por dia. Palavras são a principal ferramenta do escritor

    11. Mantenha a caneta e os dedos em movimento. Sem uso, qualquer coisa enferruja

    12. Escreva diferentes gêneros: blog posts, poemas, contos, romances, ensaios. Exercite a diversidade de textos

    13. Consulte gramáticas. O domínio do nosso idioma é essencial

    14. Escreva sem distrações. É fácil perder o fluxo de escrita quando há tantas coisas ao redor nos atraindo a atenção

    15. Desafie-se: escreva em uma cafeteria lotada, em um banheiro, durante 24 horas seguidas.

    16. Viaje. De carro, para a praia, de ônibus, de avião. Viagens são excelentes fontes de inspiração e pesquisa

      viaje para se tornar um escritor melhor
      Imagem: Tumblr
    17. Assista a filmes. Você consegue melhorar aquela história? Tente

    18. Escreva. Então escreva mais um pouco. Afina, a melhor vem com a prática

    19. Leia seu material em voz alta para qualquer um que esteja por ali – até mesmo o gato. O texto lido ganha outros contornos e ressalta detalhes que passaram despercebidos no papel

    20. Volte e corte 10% do que você escreveu. Há uma máxima que diz que “escrever é cortar”. Escritores não costumam gostar de cortar seus textos, mas na maioria das vezes ficam melhor depois de cortados

    21. Converse com pessoas. É delas que é feita a literatura

    22. Ouça como as pessoas conversam. E depois aproveite isso nos diálogos da sua história

    23. Leia muitos livros. Bons e não tão bons assim. Os não tão bons nos mostram o que não funciona, e portanto devemos evitar

    24. Anote suas ideias brilhantes. Elas não costumam demorar-se muito tempo em nossa memória

    25. Comece a escrever com bastante antecedência – não horas antes do prazo final. Boas histórias precisam de tempo para serem escritas

    26. Ouça podcasts com dicas de escrita. Sugiro: Desconstruindo, The Ghost Writer , Papo na Estante.

    27. Use sentenças simples e declarativas

    28. Evite a voz passiva

    29. Limite o uso de adjetivos e advérbios

    30. Na dúvida, corte

    31. Elimine sentenças desajeitadas

    32. Inspire-se com outras formas de arte – música, dança, escultura, pintura

    33. Leia seu material antigo e reconheça quanto você já progrediu – e quanto ainda precisa progredir

    34. Escreva pensando em publicar, mesmo que seja para um blog ou uma pequena publicação local. O resultado final é diferente se pensamos que outras pessoas irão ler nosso texto

    35. Faça da escrita a sua prioridade ao acordar pela manhã

    36. Continue espremendo as palavras mesmo quando se sentir sem inspiração

    37. Diga a todos: “Eu sou um escritor”

    38. Reconheça seus medos e os supere

    39. Deixe seus escritos descansarem e então retorne a eles com olhar fresco para uma segunda versão, ou terceira, ou quarta…

    40. Visite blogs de literatura e comente em seus favoritos

    41. Mantenha um diário para manter o fluxo de escrita

    42. Conheça novas pessoas, e pessoas muito diferentes de você. Pense sobre em que isso pode ajudá-lo a criar personagens convincentes

      escritor melhor
      Foto: Tumblr
    43. Tente novas ideias ou hobbies – quanto mais variedade você tem em sua vida, mais provável de você continuar gerando boas ideias

    44. Leia trabalhos de culturas diferentes. Isso ajuda a manter a sua escrita longe do gosto de obsolescência

    45. Repense o que é “normal”

    46. Exercite a construção de títulos para que se tornem brilhantes o bastante para a sua história

    47. Junte-se a um grupo de escrita. Se não conseguir achar um, forme um

    48. Escreva durante as horas mais produtivas do seu dia

    49. Separe um tempo para pesquisa

    50. Separe um tempo para o simples devaneio

    51. Faça um cronograma de escrita para o seu projeto e siga-o

    52. Leia ao menos um livro sobre criação literária uma vez por ano

    53. Saia da sua zona de conforto

    54. Escreva no cenário da sua história. Se quer escrever sobre a praia, arrume-se e vá até lá escrever

    55. Vá ao supermercado, ao jogo de futebol, a uma sala de aula… Faça notas dos detalhes, sensações, atmosfera, pessoas

    56. Comece com metáforas e histórias

    57. Escreva com prazer, não apenas como uma obrigação do ofício

    58. Desconstrua e analise livros e artigos dos quais você gostou

    59. Conheça a estrutura das histórias. Muitos escritores não conhecem

    60. Socialize com outros escritores

    61. Frequente festas literárias. Tão importante quanto os eventos é o contato com os outros escritores

    62. Anote os próximo passos que pretende desenvolver na história antes de parar de escrever e deixar para o dia seguinte

    63. Assuma riscos – não tenha medo de fazer diferente do que as pessoas estão acostumadas

    64. Exponha-se a quantas novas experiências conseguir num breve espaço de tempo

    65. Escreva como se você estivesse em um primeiro encontro

    66. Anote tudo. Não confie na sua memória, especialmente à noite ou ao acordar

    67. Estabeleça um tempo de duração para a sessão de escrita. É mais fácil cumprir o prazo quando ele está estabelecido

    68. Leia ficção

    69. Escreva para diferentes mídias

    70. Não tema cortar uma linha que parecia brilhante quando você escreveu mas que acabou não acrescentando nada à sua história

    71. Encontre sua voz de escritor, ou a voz do personagem, ou a voz da sua narrativa…

    72. Ame suas palavras quando você as escreve, mantenha-as em suspenso quando as edita

    73. Use um gravador quando as palavras vêm em fluxo e você não consegue anotá-las

    74. Escreva um artigo contra e um a favor sobre o mesmo assunto

    75. Escreva usando um lápis em vez do computador

    76. Escreva ao ar livre

    77. Saiba quando seguir adiante e quando voltar em uma história

    78. Escreva sobre algo que outros já escreveram. Como você pode fazer diferente?

    79. Carregue sempre um bloco e uma caneta com você. Ideias surgem nas situações mais inesperadas escritor melhor

    80. Conte a história que você gostaria desesperadamente de ler

    81. Pergunte-se sempre: E se…

    82. Dialogue com seus personagens

    83. Estude criação literária

    84. Escreva como se você fosse ler para uma audiência imensa

    85. Participe de concursos

    86. Participe de oficinas literárias

    87. Conte uma história em 101 palavras

    88. Escreva pelo menos 15 minutos por dia. Todos os dias

    89. Escreva em pequenos parágrafos para ir direto ao ponto

    90. Mantenha um livro de Tudo, com ideias malucas, receitas, citações, desenhos, brainstorm

    91. Preste atenção a como os escritores de sucesso constróem suas histórias

    92. Escreva quando as palavras vêm até você

    93. Force-se a ficar desconectado uma hora inteira por dia – longe da internet, telefone…

    94. Escreva a primeira versão de um texto sem se preocupar com os erros e problemas que serão editados depois

    95. Leia Confissões de um jovem romancista, de Umberto Eco

    96. Alterne os narradores de suas histórias entre primeira e terceira pessoas

    97. Comece a escrever sabendo o final da sua histórias

    98. Escreva sobre coisas que você sabe

    99. Escreva sobre coisas que você gostaria de saber e está a fim de aprender

    100. Leia um livro de um gênero que não costuma ler, ou até mesmo do qual não gosta

    101. Planeje sua carreira

Conte para nós o que você pensa fazer em 2014 que pode ajudá-lo a tornar-se um escritor melhor.

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Ronize Aline

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Leia também...

3 Comments

  1. 37. Diga a todos: “Eu sou um escritor”
    Só depois de 7 anos consegui dizer aos meus amigos e conhecidos, “sim, sou escritor”.
    Mas só consegui dizer isso depois que concluí que escritor é uma profissão tão válida, normal e útil quanto a do médico, do mecânico, do advogado e outras.

    Aprender outros idiomas pode também ajudar bastante. Ler Os Miseráveis em português, definitivamente não é a mesma coisa que ler Os Miseráveis em francês.

    1. Oi, Daniel.
      Até porque ainda hoje persiste a eterna polêmica: você só pode dizer que é escritor depois de ter sido publicado? E escritor inédito não é escritor?

      Muito boa a sugestão de aprender outros idiomas. Quem dera conseguíssemos ler sempre os originais…
      Abraços
      Ronize Aline

  2. AMEI !!! acho que vou começar por aplicar a minha vida diária,mais momentos de pesquisa e escrita,tenho pecado nisso obrigada,adorei o site, me tornei seu fã!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *