livros grátis
Mercado Editorial

Livros grátis na porta de casa

Livros grátis na porta de casa.

Muito se fala sobre a necessidade de se estimular o gosto pela leitura desde cedo, e os benefícios que isso traz ao longo da vida. Mas muitas vezes a família acaba delegando essa ação à escola, por acreditar que seja um assunto apenas da esfera da educação formal. No entanto, ler histórias tem desdobramentos nas variadas etapas do desenvolvimento do ser humano, e cada um pode (e deve) fazer a sua parte nisso. Um ação simples como ler para uma criança pode fazer toda a diferença para ela, para os pais e para a sociedade. Dentro desse espírito, entra no ar a campanha da quarta edição do projeto “Leia para uma criança”, da Fundação Itaú Social, que distribui livros grátis que chegam na porta da sua casa sem nenhum custo.

livros grátis
Veja mais abaixo dois vídeos da campanha

Leia para uma criança distribui livros grátis

De acordo com a terceira edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil (lançada em 2012), ler ainda é apenas a sétima coisa, em ordem de preferência, que os brasileiros gostam de fazer em seu tempo livre, perdendo para assistir à televisão (em primeiro lugar), escutar música ou rádio, descansar, reunir com amigos e família, assistir a filmes em DVD e sair com amigos. Talvez porque para a maioria, 64% dos entrevistados, leitura seja vista apenas como fonte de conhecimento e não como diversão, já que somente 18% identificarem-na como uma atividade prazerosa.

E no tempo dedicado à leitura, os livros têm de disputar espaço com outras mídias como jornais e revistas. Segundo a mesma pesquisa, livros lidos por iniciativa própria estão em terceiro lugar entre as mídias mais lidas pelos entrevistados, empatados com os livros indicados pela escola (os dois com 47%), ficando atrás de revistas (com 53%) e jornais (48%). Mas que gêneros de  livros costumam ser mais lidos? Em primeiro lugar apareceu a Bíblia como a leitura mais presente entre os entrevistados, seguida pelos livros didáticos. Romances, ou seja, a literatura de ficção, aparecem apenas em terceiro lugar. Se formos olhar para a literatura infantil, cairemos para o sexto lugar, atrás também dos livros religiosos.

 

No entanto, a literatura infantil traz em si muito mais estímulos do que pode-se supor à primeira vista, além do já citado prazer da leitura.  Estudos sobre a infância apontam que o que acontece a uma criança dos 0 aos 5 anos pode mudar e influenciar sua vida para sempre. E aqui no Brasil são 18 milhões de crianças nessa idade. Ler para crianças desenvolve a capacidade de abstração e imaginação, amplia os pontos de vista e estimula a formação de opinião. Histórias aumentam a criatividade e a capacidade de compreender o mundo. Já foi provado que crianças que crescem ouvindo histórias desenvolvem maior capacidade de aprender e pensar.

Partindo desse conceito foi que a Fundação Itaú Social criou o projeto “Leia para uma criança”, que já está no quarto ano. O objetivo é estimular nos adultos o hábito de ler para as crianças, propiciando a oportunidade de que desenvolvam as aptidões citadas acima. E a Fundação faz isso distribuindo livros grátis a quem se cadastrar no site do projeto. Mesmo que você já tenha se cadastrado anteriormente, é preciso fazer um cadastro novo a cada ano, e os livros chegarão em sua casa sem nenhum custo. Independente de  quaisquer outros propósitos institucionais e mercadológicos da ação, o fato de oferecer livros grátis a uma população tão carente de oportunidades culturais, em especial a literatura, já é motivo de se aplaudir.

 

Segundo a pesquisa citada anteriormente, as mães estão em segundo lugar entre os influenciadores pelo gosto pela leitura, atrás apenas dos professores e à frente dos pais. Então, está esperando o que para pedir seus livros grátis? Você pode fazer seu cadastro aqui.

Você já recebeu os livros do projeto “Leia para uma criança” anteriormente?

*O site Conexão Autor não tem nenhuma responsabilidade sobre esse projeto nem sobre o envio de livros. Apenas divulgamos e apoiamos a iniciativa do Itaú Social.

Ronize Aline

Escritora, crítica literária, jornalista e professora universitária. Trabalha com criação de textos e preparação de originais. Desenvolve cursos e palestras na área de Criação Literária e Escrita Criativa.

Leia também...